SINOPSE

A nona edição do Projeto ComUnidade foi em muitos sentidos especial. 

Em janeiro de 2020 deu-se início às oficinas de expressão dramática, movimento, improviso.

Quando em março, já explorávamos algumas cenas do guião, a pandemia chegou e interrompeu todo um processo criativo. Ainda nos mantivemos em contacto através das plataformas digitais, e inclusivamente, apresentamos um conteúdo digital a partir do trabalho desenvolvido presencialmente, sempre na expectativa de conseguirmos colocar em cena, mesmo que mais tarde, a vontade de partilhar com o público este processo criativo.

Quando se colocou a hipótese de concluirmos o projeto associado à “Marcha dos Sonhos”, a nossa esperança renovou-se e todos os esforços foram feitos para levar este projeto a bom porto. No tempo em que vivemos, para todos nós que de muitas e diferentes formas nos envolvemos no processo foi de uma satisfação imensa, o que nos move, a perseverança no que acreditamos, o trabalho em rede, o envolvimento dos coletivos e artistas é de valor imensurável. 

A inspiração desta edição surge do clássico da literatura infantil “O Feiticeiro de Oz”, de L. Frank Baum. Medos, fantasias, desejos que movem as personagens, que nos movem nesta marcha para a realização dos nossos sonhos. 

A “Marcha dos Sonhos” da 9.ª edição do “Outono Quente” foi um processo comunitário, um sonho em tempos de pandemia.

 

FICHA TÉCNICA

Direção artística: Zunzum – Associação Cultural

Dramaturgia e encenação Márcia Leite

Intérpretes  André Ferreira, Cátia Sofia, Cristina Ministro, Diogo Pereira, Filipa Gomes, Gabriel Ribeiro, Guilherme Leite, Inês Pinto, Laura Leitão, Márcia Pinto, Patrick Olufson, Tomás Lopes

Direção musical composição: Leonardo Outeiro

Direção coreográfica Hugo Santos

Intérpretes Ana Ferreira, Beatriz Coelho, Beatriz Magalhães, Beatriz Santos, Lara Alves, Leonor Afonso, Leonor Ferreira, Leonor Lucas, Madalena Pacheco, Mara Couto, Mara Ferreira, Marta Santos, Matilde Almeida, Matilde Ribeiro, Núria Carvalho, Salvador Graça

Dança aérea Kompanhia Raiz

Figurinos e adereços Daniela Fernandes, Isabel Costa, Lais Salles

Ilustração cartaz Pedro Araújo

Parceiros Projeto ComUnidade, Kompanhia Raiz, Street Gymn | Forlife

 

LINK https://outonoquente.zunzum-ac.pt/2020/programa/evento/marcha-dos-sonhos/

 


Zunzum > Comunidade > Projeto ComUnidade > Projeto ComUnidade: Ativo

PROJETO COMUNIDADE

Característica geral: Formação nas artes de palco; criação de um espetáculo teatral com o público inscrito.

Os Projetos ComUnidade justificam-se pela sua pertinência interventiva de combate à inércia e pela capacitação de competências, nomeadamente a nível criativo e de expressão. Com ele pretendemos partilhar saberes de diferentes áreas artísticas e conduzir os participantes pelas etapas do processo criativo. Conjugam-se esforços, trocam-se ideias, saberes e competências. O culminar do trabalho resulta na apresentação pública de uma performance ou peça de teatro escrita e criada de raiz durante o Projeto.

MÉRITOS
XVII Festival de Teatro Viseu - 2016
Prémio "Melhor Peça" na categoria Associações | "Lembra-te de não Esquecer" - Peça de teatro elaborada no âmbito do Projeto ComUnidade

XVI Festival de Teatro de Viseu - 2015
Prémio "Revelação" na categoria cenografia | "Eternamente Passados no Tempo" - Peça de teatro elaborada no âmbito do Projeto ComUnidade

XV Festival de Teatro Jovem de Viseu - 2014
Prémio “Melhor Peça” na categoria “Associações e instituições” | “A Ilha do Tesouro” - Peça de teatro elaborada no âmbito do Projeto ComUnidade

XIV Festival de Teatro Jovem de Viseu - 2013
Prémio “Melhor Intérprete Masculino” para Guilherme Leite, personagem “Pastor” | Prémio “Melhor Peça” na categoria “Associações e instituições” | “O Jardim dos Amores” - Peça de teatro elaborada no âmbito do Projeto ComUnidade

XIII Festival de Teatro Jovem de Viseu - 2012
Prémio “Melhor Peça” na categoria “Associações e instituições” | “Meu Pé de Laranja Lima” - Peça de teatro elaborada no âmbito do Projeto ComUnidade
Prémio “Melhor Intérprete Feminina” para Filipa Fróis, personagem “Zézé” | “Meu Pé de Laranja Lima” - Peça de teatro elaborada no âmbito do Projeto ComUnidade



“Viver a comunidade é um desafio. Deixarmo-nos ir até aonde a mente nos levar, transpõe o corpo. A coragem para experimentar, vencer barreiras. Entregamos o nosso melhor. Crescemos e transformamos juntos. Uma vontade, um acreditar, uma forma de estar neste processo criativo e de construção. O ser eu com e no coletivo.”

Márcia Leite


maio, 2021

11mai10:30- 15:30"Olhos de Peixe" - Teatro OnomatopeiaTondelaCategoria:Teatro
12mai10:30- 11:30"Olhos de Peixe" - Teatro OnomatopeiaTondelaCategoria:Teatro